Planejamento vai liberar cerca de R$ 10 bi a ministérios

Por Fabio Graner – Valor Econômico

O Ministério do Planejamento publicará hoje portaria direcionando cerca de R$ 10 bilhões dos R$ 12,8 bilhões de recursos orçamentários liberados na semana passada. A autorização será feita para diferentes programas dos ministérios, o que dará menos flexibilidade para as pastas executarem os recursos autorizados, segundo uma fonte explicou ao Valor.

Todos os ministérios devem ser contemplados, sendo que a Saúde terá à disposição R$ 1,1 bilhão a mais, montante necessário para cumprir o mínimo constitucional. Educação vai ter cerca de R$ 550 milhões. Programas na área de segurança aeroespacial, fundo penitenciário, carros-pipa, pagamentos ao Serpro, entre outros serão beneficiados com mais recursos.

A sistemática de liberação dessa vez está sendo diferente de outras ocasiões, quando os limites globais de cada ministério eram alterados. Agora, o Planejamento ampliou uma “reserva” e, a partir dela, faz as autorizações de gastos para cada programa. A estratégia visa evitar episódios como a paralisia na emissão de passaportes.

A liberação do orçamento só foi possível graças à mudança na meta fiscal e à realização dos leilões da Cemig e de blocos de petróleo, no mês passado. Existe ainda a possibilidade de liberações adicionais de recursos, dado que os resultados dos leilões foram melhores que o previsto e porque o governo ainda pode conseguir até R$ 4 bilhões a mais em precatórios; Por outro lado, as negociações em torno do Refis podem gerar frustração grande de receitas (o Tesouro falou em R$ 5 bilhões) e impedir ou reduzir o tamanho da eventual liberação.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account