Obras de esgotamento sanitário ocorrem simultaneamente em 16 pontos de Boa Vista (RR)

Na manhã da última terça-feira, 9, o presidente da Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caerr), Danque Esbell, juntamente com o diretor de Engenharia e Gestão Ambiental, Edmir Cordeiro visitaram as obras de expansão de esgotamento sanitário na capital. As obras estão sendo realizadas pelo Governo do Estado, através de convênio com o Ministério das Cidades. O investimento global será de R$ 628.875.580,11 ao final das seis etapas. Atualmente estão sendo executadas as etapas 4 e 5, por meio da Construtora Renovo.

São 12 equipes espalhadas em canteiros de obras em diversos bairros da cidade, quatro EEE (Estações Elevatórias de Esgoto) sendo construídas e uma equipe de recomposição asfáltica, que recupera as ruas após as obras. “Todas as ruas que são abertas, após 20 dias serão totalmente recuperadas pela Renovo, o cidadão pode ficar tranquilo. Entendemos que é um transtorno, mas somente assim podemos construir a rede de esgotamento sanitário”, disse Paulo Roque, técnico da Renovo que acompanhou a visita.

A visita técnica começou na construção da Estação Elevatória de Esgoto do bairro Santa Tereza, um canteiro grandioso, que abriga uma enorme cratera, base para a Estação. A segunda obra foi a EEE do bairro Sílvio Leite, que também ocupa grande espaço em uma das quadras do bairro. As Estações Elevatórias de Esgotos servem para receber os efluentes provenientes das residências e encaminhá-los para a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), conhecida popularmente como Lagoa de Estabilização, localizada no bairro São Bento.

As demais EEE em construção atualmente são nos bairros União e Bela Vista. A previsão é que ao final de 2018, Boa Vista conte com 93% dos bairros sendo atendidos pelo sistema de esgotamento sanitário. “A Caerr está acompanhando as obras, já que após serem concluídas, nós vamos operar a rede e precisamos garantir que o trabalho seja bem executado, conforme nos demandou a Governadora Suely Campos”, disse Danque.

O que já foi feito – Hoje, Boa Vista atende 64% dos bairros com rede de esgoto, alguns parcialmente e outros totalmente. Nesse grande projeto, que visa chegar a 93% dos bairros da capital, muito já foi feito. Nas três primeiras etapas foram construídas 16 EEE e revitalizadas duas outras, além da interligação da rede de esgoto nos bairros Aeroporto, Araceli Souto Maior, Asa Branca, Bela Vista, Buritis, Caçari, Caimbé, Cambará, Caranã, Cauamé, Cinturão Verde, Centenário, Hélio Campos, Jardim Caranã, Jardim Floresta, Jardim Tropical, Jóquei Clube, Liberdade, Nova Canaã, Nova Cidade, Olímpico, Paraviana, Pintolândia, Pricumã, Raiar do Sol, Tancredo Neves, São Vicente, Silvio Botelho e União.

Os bairros que compõem a 4ª Etapa são Araceli Souto Maior, Asa Branca, Bela Vista, Buritis, Caimbé, Cambará, Centenário, Cinturão Verde, Hélio Campos, Jardim Caranã, Jardim Floresta, Jardim Tropical, Jóquei Clube, Nova Canaã, Nova Cidade, Olímpico, Pintolândia, Raiar do Sol, São Vicente, Silvio Botelho, Tancredo Neves, e União.A 5ª Etapa engloba os bairros Asa Branca, Alvorada, Bela Vista, Cambará, Equatorial, Joquei Clube, Nova Canaã, Nova Cidade, Raiar do Sol e Silvio Leite. A sexta etapa deve contemplar os bairros Conjunto Cidadão, Airton Rocha, parte do Hélio Campos e parte do Nova Cidade, além de bairros e ruas que não foram contemplados nas etapas anteriores.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?