Obra para melhoria do abastecimento de água em Olinda (PE) já está 30% executada

Um dos maiores investimentos já feitos na rede de distribuição de água de Olinda (PE), nas últimas décadas, está em andamento e vai beneficiar os 15 bairros mais populosos da cidade. As obras do Olinda + Água avançaram e já estão 30% concluídas. A proposta do projeto é acabar com o racionamento nesses bairros até o ano de 2021. Nesta primeira etapa de obras, as intervenções estão concentradas nos bairros de Casa Caiada, Jardim Atlântico e Rio Doce, onde já foram assentadas mais de 20 quilômetros de rede e construídos cinco reservatórios com capacidade para armazenar dois mil metros cúbicos de água, cada um. A previsão é encerrar a primeira fase do projeto até o final deste ano, quando já será iniciado o funcionamento da rede e unidades operacionais implantadas, levando melhorias para o abastecimento dos três bairros. As obras da segunda etapa começarão ainda no segundo semestre de 2017 e atenderão os bairros de Ouro Preto, Jardim Fragoso e Bairro Novo.
Neste momento, os serviços estão sendo realizados nas ruas Rua Artur Serpa, em Casa Caiada, e na Avenida Fenelon Ático Leite, no bairro de Rio Doce, onde é feito o assentamento de tubulações. Para a primeira etapa do projeto também estão previstas obras de setorização para implantar um sistema de controle e medição da rede de abastecimento de água, por meio da instalação de dispositivos como macromedidores, válvulas redutoras de pressão, sensores de monitoramento das pressões ao longo da rede e ainda telemetria (sistema remoto de monitoramento e controle da rede).
“A medida que as intervenções forem finalizadas em cada bairro, a população já sentirá as melhorias na distribuição de água, pois com as redes divididas em setores de abastecimento teremos um maior controle da operação e da entrada de água em cada um dos distritos. Assim vamos conseguir aumentar a vazão de água na rede, ter uma melhor uniformidade na distribuição de água e reduzir as perdas do sistema”, explica o gerente da Unidade de Negócios da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Reginaldo Lopes.
A companhia também já construiu mais cinco reservatórios em Jardim Atlântico, no mesmo local onde já existia o Reservatório de Perijucã. Será feita a impermeabilização e a instalação das tubulações para interligar os seis reservatórios, que funcionarão de forma integrada. Também já foi iniciada a construção de duas estações de bombeamento (estações elevatórias), uma unidade em Rio Doce e a outra em Jardim Atlântico.
O projeto do Olinda + Água vai beneficiar 240 mil pessoas – aproximadamente metade da cidade – nos bairros de Casa Caiada, Bairro Novo, Bultrins, Jardim Atlântico, Jardim Fragoso, Ouro Preto, Rio Doce, Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Bonsucesso, Monte, Amaro Branco e Bultrins. As redes de distribuição de água nesses 15 bairros serão divididas em 42 setores de medição e controle de abastecimento. Está previsto começar a terceira etapa de obras do projeto ainda no segundo semestre de 2018. Após a conclusão das obras, o projeto continuará sendo executado até o ano de 2021, período que serão realizadas intervenções para melhoria da eficiência operacional, com a instalação de equipamentos e novas tecnologias de manutenção do sistema. Todo projeto receberá um investimento de R$ 134 milhões, recursos do Banco Mundial (BIRD).

Fonte: Assessoria de Comunicação e de Imprensa da Compesa

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account