Copasa investe R$ 6 milhões na melhoria do abastecimento em Paracatu (MG)

Setorização do sistema, nova captação de água e reservatório de acumulação para garantir a distribuição de água, mesmo em períodos de seca.

Em março de 2018, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) deu início a novos empreendimentos em Paracatu (MG), para melhorar a distribuição de água no município. Será construído um reservatório de acumulação, além de uma nova captação de água no ribeirão Santa Isabel. Além disso, serão realizadas obras de setorização no sistema de abastecimento. Os investimentos são da ordem de R$ 6 milhões.

Nas obras de setorização são instalados registros em pontos estratégicos na malha de rede de água, para facilitar as manobras operacionais (abertura e fechamento da água), de acordo com a necessidade. O reservatório, ainda em fase de licitação, será localizado próximo ao ribeirão Santa Isabel e irá permitir a acumulação de até 800 mil metros cúbicos de água bruta, garantindo o abastecimento do município mesmo nos períodos de seca. A estimativa é que essas intervenções sejam concluídas nos próximos quatro meses.

A Copasa é responsável pelo sistema de abastecimento de água de Paracatu há 39 anos e realiza investimentos contínuos para garantir água tratada aos 75 mil habitantes do município. O ribeirão Santa Isabel, principal manancial de abastecimento da cidade, teve a sua vazão bastante reduzida nos últimos anos, devido à forte estiagem na região – a maior dos últimos 100 anos. Com as novas obras, o abastecimento do município estará garantido, mesmo em períodos de seca.

Pró-Mananciais

Presente em 82 localidades de Minas Gerais, o Pró-Mananciais é desenvolvido em Paracatu desde agosto de 2017. O programa, desenvolvido pela Copasa, tem como meta proteger e recuperar as águas, para prevenir os efeitos agravados pela crise hídrica, no contexto das mudanças climáticas.

O Pró-Mananciais ao desenvolver parcerias com as comunidades locais – com a formação do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia), conta com representantes de vários órgãos e instituições, que estimula o protagonismo e a responsabilidade social. Em Paracatu já foram executados 7,5 quilômetros de cercamento na margem esquerda do ribeirão Santa Isabel.

O programa, que tem a aprovação da Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG), já aplicou investimentos de R$ 20 milhões em seu primeiro ano. A expectativa é atender 164 cidades e plantar 200 hectares de mudas em todo o estado, até o final de 2018.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?