Cagepa intensifica combate às fraudes e implanta subadutoras para regularizar abastecimento

Por Assessoria de Comunicação da Cagepa

A Cagepa iniciou neste mês um trabalho para sanar os problemas de falta d’água, com ações efetivas de combate às perdas e manobras estratégicas na rede de abastecimento.

Com a proximidade do Verão, o consumo de água aumenta. Isso somado às ligações clandestinas e problemas pontuais na rede, acabam afetando a distribuição em algumas localidades. Diante disso, a Diretoria de Operação e Manutenção da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) iniciou neste mês um trabalho intensificado para sanar os problemas de falta d’água em algumas localidades da Grande João Pessoa, com ações efetivas de combate às perdas e manobras estratégicas na rede de abastecimento.

Em Mangabeira VIII, um dos locais que sofria com recorrentes intermitências (interrupções temporárias) no abastecimento, medidas já foram tomadas e os problemas resolvidos de forma definitiva, como explica o engenheiro Rubens Falcão, gerente regional da Cagepa no Litoral. “Reativamos o reservatório elevado do Polo Turístico e o trabalho de combate às fraudes foi intensificado, já que identificamos naquela área muitos pontos de furtos d’água. Isso já se reflete na melhora do abastecimento no bairro”, disse.

Outro ponto de ação da equipe de manutenção da Cagepa se deu nos bairros da zona sul de Santa Rita: Marcos Moura, Tibiri e Várzea Nova. “Em Santa Rita, foi detectada uma grande obstrução na saída do reservatório do aeroporto, que foi retirada e não há mais reclamações de falta d’água na área”, explica o gerente.

Rubens Falcão informou que, no Marcos Moura, ainda foi implantada uma subadutora com quase 2 mil metros de extensão que irá beneficiar também o bairro de Tibiri.

Ele explicou que, além da nova subadutora, ações de combate às fraudes naquela região também se intensificaram e, só na área do Loteamento Sol Nascente, 186 ligações clandestinas foram detectadas numa ação que contou com o apoio da Diretoria Comercial da Cagepa. “Esse tipo de ação será intensificada também em outras áreas de Santa Rita”, adiantou o gerente do Litoral.

As intervenções da Cagepa não param este ano, de acordo com Rubens. Ele adiantou que, em janeiro de 2019, será concluída a construção de três reservatórios no município de Santa Rita, sendo dois de 100 mil litros e um de 400 mil litros, que vão beneficiar diretamente os bairros da zona sul do município.

“Acreditamos que, com essas medidas em conjunto com as ações de combate às fraudes, Santa Rita ficará muito bem atendida em termo de abastecimento de água pelos próximos anos”, finalizou o gerente da Cagepa.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account