CAEMA apresenta plano de investimentos e ações executadas ao legislativo de Imperatriz (MA)

Definida como resultado prático da reunião ocorrida no Palácio dos Leões, onde o Governo do Maranhão recebeu e dialogou com vereadores de Imperatriz (MA) sobre a importância das obras e dos recursos alocados para melhorias no saneamento do município, a apresentação conduzida pelo diretor presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA), Davi Telles, na Câmara Municipal, na última terça-feira (9), esclareceu pontos importantes sobre o andamento das obras para melhorias no abastecimento de água e abrangência da rede de esgotamento, após sua implantação em um dos maiores e mais populosos bairros de Imperatriz, o Bacuri.
Durante sua fala, reforçada pelos números das obras e investimentos, foi evidenciado que a CAEMA está trabalhando no sentido de sanar problemas e déficits antigos negligenciados por gestões passadas com a população do segundo maior município do estado. “Desde que o governador Flávio Dino assumiu o governo, nós estamos trabalhando para resgatar essa dívida social histórica com a população de Imperatriz. Os investimentos que estão sendo feitos desde o ano passado e as intervenções pontuais e rápidas no sistema demonstram uma inclinação no sentido de transformar e aumentar a qualidade dos serviços prestados à população”, afirmou.
Vinte milhões estão sendo investidos no abastecimento em Imperatriz. Destes, R$12.5 milhões destinam-se a implantação de novas adutoras e também na recuperação, modernização e ampliação da rede de abastecimento. Outros R$ 6 milhões estão sendo licitados para aplicação na estação de captação, no rio Tocantins, e na estação de tratamento, no Parque Buriti. O restante, cerca de R$ 1.5 milhões, será usado para aquisição de mais uma bomba e na reforma e modernização da sede administrativa regional.
Combate ao desperdício – Paralelamente à reestruturação do sistema, a CAEMA pretende combater ainda outro grande problema na questão do abastecimento: o desperdício. Devido a este fator é necessária uma captação sobressalente à demanda da cidade. Assim, são captados e tratados cerca de 50% a mais de água pelo o sistema e, mesmo assim, devido ao desperdício, 15 a 20 bairros enfrentam atualmente graves problemas no abastecimento de água, algo que deverá mudar com o trabalho que vem sendo executado nas 12 zonas de abastecimento com a construção de adutoras e interligação de reservatórios, ampliação da rede de abastecimento residencial, operação de novos poços em áreas estratégicas, como assegurou o presidente.
“Os vereadores podem informar aos seus eleitores, às pessoas dos bairros, que vamos solucionar esses problemas. Estamos trabalhando para isso”, acrescentou.
Quanto à obra de instalação de rede de esgoto em uma região do Grande Bacuri, ele garantiu que será concluída em aproximadamente 70 dias, beneficiando moradores que anseiam a muito por um bairro mais salubre e com tratamento de esgoto a contento.
Após o término de toda obra a ser executada no Bacuri, mais de 10 mil pessoas terão acesso a saneamento básico e uma rede coletora de esgoto apropriada à realidade e tamanho da comunidade. A obra conta ainda com 2 mil novas ligações domiciliares, mudando um quadro de deficiência e melhorando a qualidade de vida de quem reside ali e nas adjacências. A obras do Bacuri fazem parte das grandes ações do “Programa Mais Saneamento”, do Governo do Maranhão, programa executado pela CAEMA.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Caema

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account