Atrações socioeducativas vão marcar Dia do Meio Ambiente no Parque Metropolitano de Pituaçu, na Bahia

Por Assessoria de Comunicação da Embasa

 04/06/2019

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, o Parque Metropolitano de Pituaçu (PMP), em Salvador, será palco de ações socioeducativas das 9h às 16h30. A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), promotora das atividades no PMP, anualmente celebra a data trazendo temas ambientais presentes na realidade das comunidades que ela atende. Este ano, com o slogan “Quem sintoniza com a vida, cuida do entorno”, a empresa vai integrar funcionários, servidores públicos, lideranças comunitárias de vários bairros de Salvador, moradores do entorno e Ongs para celebrar e pensar sobre como conviver de forma sustentável com o ambiente que nos cerca, tendo esta unidade de conservação como inspiração.

Caminhada pelo parque, atividades recreativas e educativas com crianças e jovens, apresentações circenses, serviços de saúde para a comunidade, como aferição de pressão e glicemia e massoterapia, além de uma roda de conversa com especialistas sobre biodiversidade e ações de preservação ambiental no PMP (ver programação abaixo), são as atividades previstas para celebrar a data. O grupo afro Malê de Balê também fará uma participação especial, à tarde, no encerramento do evento.

Uma unidade móvel da Embasa estará disponível para atendimento, oferecendo serviços como solicitação de segunda via de conta, religação de água, revisão tarifária, cadastro na tarifa social, registro de reclamações, sugestões e denúncias de irregularidades.

PRESERVAÇÃO DO PMP | A preservação do Parque Metropolitano de Pituaçu (PMP) será alvo de reflexão durante a ação. As intervenções de manutenção na estrutura da barragem de Pituaçu, empreendidas pela Embasa em 2016, visando o reforço dos vertedouros (estrutura que regula o nível máximo do reservatório) e a implantação de um novo sistema de drenagem interno capaz de garantir a integridade da barragem durante as cheias do rio Pituaçu. Essas intervenções aumentaram o nível de segurança da represa, que tem quase 113 anos de existência e serviu para abastecimento de Salvador entre 1906 e 2002.

Ainda no rol das ações ambientais realizadas no PMP, está em processo de implantação do Plano de Ação de Emergência da barragem de Pituaçu, uma ação preventiva de risco que atende à Política Nacional de Segurança de Barragens (Lei 12.334/2010) e visa garantir a segurança dos moradores do vale a jusante (no sentido do fluxo da água) da barragem. O plano já foi apresentado à comunidade de Bate Facho, que se encontra mais próxima do barramento; o sistema de sirenes e comunicação de acidente já está implantado e, no momento, as rotas de fuga para pontos de reunião estão sendo definidas pela Codesal para futura simulação de um cenário hipotético de acidente com a barragem.

DESCARTE DO ÓLEO DE COZINHA | O “Se Ligue no Óleo”, programa institucional da Embasa para sistematizar a coleta e destinação adequada do óleo de cozinha, terá um estande no Parque, montado em parceria com as cooperativas que reciclam o óleo de fritura que vem sendo doado pelos colaboradores da Embasa desde a implantação do programa, em novembro do ano passado. O descarte indevido de óleo de cozinha em ralos e pias, além de contaminar o meio ambiente, é um risco certo de obstrução na rede coletora de esgoto. O espaço contará, ainda, com uma maquete interativa que explica em detalhes o funcionamento dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário.

PROGRAMAÇÃO DAS PALESTRAS NO PARQUE DE PITUAÇU

MANHÃ

– “Importância das barragens para abastecimento humano”, com Lúcio Landim, gerente da Supervisão de Barragens da Embasa.

– “Atuação da Embasa no Parque Metropolitano de Pituaçu”, com Manuella Andrade, gerente de uma das unidades regionais da Embasa em Salvador

– “Projeto Amigos da Água”, com Ruth Vieira, coordenadora de Desenvolvimento Socioambiental da SIHS, que apresentará o projeto de promoção de conscientização sanitária e ambiental para os diversos usos da água.

TARDE

– “A Unidade de Conservação do Parque Metropolitano de Pituaçu”, com Bernadete Argolo, do Inema e gestora do PMP, que falará sobre o histórico, estrutura e biodiversidade do Parque.

– “Importância das barragens para abastecimento humano”, com Lúcio Landim, gerente da Supervisão de Barragens da Embasa.

– “Atuação da Embasa no Parque Metropolitano de Pituaçu”, com Manuella Andrade, gerente de uma das unidades regionais da Embasa em Salvador.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account